Serviços de assinaturas para pet shop: ofereça esse diferencial aos seus clientes

por Raíssa Guimarães | 1 de fevereiro de 2021

Compartilhe

Com certeza você já deve ter se deparado com alguma oferta de serviço por assinatura na internet, ou até mesmo utilizado alguma. 

Seja para produtos de beleza, acessórios, livros e muito mais, os serviços de assinatura são uma praticidade para o cliente e uma vantagem para quem oferece.  

E, claro, o mundo pet não ficaria de fora dessa tendência. Por isso, se você quer saber como oferecer esse diferencial para os seus clientes e lucrar mais, continue lendo este artigo. 

Quais as vantagens para o meu pet shop?

Oferecendo esse diferencial, você consegue fidelizar o cliente por mais tempo, pois ele sabe que pode contar com aqueles itens da assinatura de forma periódica. Seja mensal, trimestral ou semestralmente, ele será o seu cliente. 

Outra vantagem é a previsibilidade de faturamento e de estoque. Com a cobrança fixa, o seu pet shop consegue saber quanto vai faturar nos próximos meses, por quantos meses e a quantidade mínima de produtos que precisa ter em estoque.

Como oferecer o serviço de assinatura?

Como todo projeto novo causa algumas dúvidas, é importante ter um direcionamento em mente para desenvolvê-lo da melhor forma. 

Comece pensando o que você pode oferecer e deixe bem definido. Você pretende oferecer pacotes com itens de marcas famosas? Ter uma variedade de produtos? Trabalhar com lançamentos? Ou prefere se destacar com preços e condições especiais de pagamento?

Para isso, comece pesquisando os outros serviços de assinatura já disponíveis e faça um levantamento do que eles já oferecem, do que pode ser melhorado e, principalmente, o que falta nesse mercado. 

Em seguida, identifique o seu público-alvo com mais pesquisa de mercado. Procure saber com os seus clientes e prováveis clientes o que chamaria a atenção deles para se interessarem em contratar o serviço por assinatura. 

Quais produtos eles mais consomem? Além da ração básica para o mês, petiscos, brinquedos, produtos de higiene, etc. Existe uma infinidade de pacotes que você pode montar a partir dessa resposta. Procure saber também com qual frequência eles acham mais interessante receber os itens em casa.   

Com os levantamentos feitos, produtos e pacotes pensados, é a hora de definir os preços. Essa é uma parte muito importante a ser pensada, pois é um dos fatores determinantes se o projeto dará certo ou não. 

Você deve evitar dois extremos: definir preços baixos demais para permanecer competitivo ou altos demais para garantir uma grande margem de lucro. 

Realize os cálculos para determinar os preços de cada produto, embalagens, frete, tempo de assinatura e lembre-se que o pagamento é recorrente. 

Seguindo esses passos iniciais, conte com um bom marketing para divulgar o seu negócio e bons fornecedores, como a Central Veterinária, para manter o seu estoque sempre em dia. 

Fontes: Folha Vitória; Veja Abril, Bens Vet. 

POSTS RELACIONADOS

Telemedicina Veterinária: entenda como funciona essa modalidade

por Raíssa Guimarães | 17 de maio de 2021

A telemedicina pode ser resumida como a prestação de serviços de saúde à distância, a partir do uso de tecnologias de comunicação

LEIA MAIS

Como evitar o estoque negativo em sua clínica veterinária e pet shop

por Raíssa Guimarães | 5 de abril de 2021

O estoque negativo é o resultado de um conjunto de falhas que podem ocorrer na gestão do estoque Um exemplo é o

LEIA MAIS

O que é preciso para oferecer atendimento 24h na minha clínica veterinária?

por Raíssa Guimarães | 4 de janeiro de 2021

A cada ano o número de clínicas veterinárias aumenta, e com elas os vários tipos de serviços oferecidos No entanto, quando se

LEIA MAIS

Plano de saúde pet: vale a pena implementar na minha clínica veterinária?

por Raíssa Guimarães | 7 de dezembro de 2020

Sem dúvidas, você já ouviu falar sobre plano de saúde pet Esse serviço vem crescendo cada dia mais e está entrando na

LEIA MAIS

© Central Veterinária . Todos os direitos reservados.